Feeds:
Posts
Comments

Posts Tagged ‘cultura inútil’

Às vezes eu fico impressionado com algumas semelhanças entre alemão e português, principalmente no que se refere a expressões idiomáticas…

Por exemplo: em português se diz muito “ah, vai reclamar pra sua vó!” e coisas do gênero, certo? Bom, em alemão acabo de descobrir que você pode falar “erzähl das deiner Großmutter!”, ou literalmente: “explique isso pra sua vó!”

Read Full Post »

insulae

Fiquei impressionado esses dias quando descobri que existiam edifícios de até 6 ou 7 andares na Roma antiga, 2000 anos atrás! Chamavam-se insulae, e eram a moradia mais barata em Roma. Os ricos tinham dinheiro para comprar casas.

A maioria era construída para aluguel, de forma insegura e usando materias baratos. Era freqüente elas desmoronarem ou serem atingidas por incêndios.

Esses romanos eram mesmo loucos!

Read Full Post »

Quem diria? A famosa placa “Cuidado com o cão” na entrada de tantas residências tem alguns milhares de anos de idade…

500px-cave_canem.jpg

O mosaico acima foi encontrado na entrada de uma casa romana em Pompéia.

Eu vi uma história do Asterix em que uma placa escrito “Cave Canem” estava no portão da mansão do César, mas achei que era uma piada. Como diz a expressão em inglês… “haha only serious!” 🙂

Read Full Post »

Acre

Onde fica o Acre? No norte do Brasil? Errou! Fica em Israel. 😛

Read Full Post »

Mais um caso de em que eu começo a ler sobre um assunto na Wikipedia e termino lendo sobre alguma coisa que não tem nada a ver: acabei descobrindo de onde vem o termo “fulano” que a gente usa em Português: do Árabe:

“Arabic uses Fulan / Fulana[h] فلان / فلانة and when a last name is needed it becomes Fulan AlFulani / Fulana[h] AlFulaniyya[h] فلان الفلاني / فلانة الفلانية. When a second person is needed, ʿillan / ʿillana[h] علان / علانة is used. The use of Fulan has been borrowed into Spanish, Portuguese, and Turkish, as shown below.”

Fonte: http://en.wikipedia.org/wiki/Placeholder_name#Arabic
(acessado em 20 de março de 2007).

Ah, antes disso eu estava dando uma olhada em um artigo sobre semáforos (de rua, não o da computação). 😀

Read Full Post »

Bom, acho que qualquer computer geek que se preze conhece o Donald Knuth. O que poucos podem dizer é que já leram algum texto/livro dele.

Acabei de encontrar um bom texto do Knuth para ler e poder encher o peito e dizer que já li um paper (!) dele: The Complexity of Songs! O cara pega músicas tradicionais e/ou populares e faz uma análise da complexidade delas, incluindo a definição matemática das letras das músicas. Must read. 😀

Read Full Post »

A maior palavra que eu conhecia em alemão era Trinkwasseraufbereitungsanlage (30 letras), que significa “estação de tratamento de água potável”.

Mas esses dias encontrei uma ainda maior: Geschwindigkeitsüberwachungskamera (35 letras), que significa “câmera de observação de velocidade”. Imagino que seja uma câmera para fotografar coisas muito rápidas, sei lá.

Read Full Post »

Older Posts »